Replantio do Bonsai – Quando e como fazer

Home/Curiosidades/Replantio do Bonsai – Quando e como fazer
Replantio do Bonsai – Quando e como fazer 2017-05-12T23:47:59+00:00

De quanto em quanto tempo devemos replantar o bonsai?

Isso depende da espécie e da mistura de terra que nós colocamos no vaso. Por parte da espécie, há aquelas que produzem mais raízes e outras que produzem menos. Há espécies que produzem muitas raízes tipo cabelo, e há plantas, como o pinheiro, que produzem mais raízes, que produzem mais raízes tubulares e menos raízes fibrosas. Isso vai determinar, em geral, um replante no mínimo uma vez a cada dois anos. Isso falando de uma planta que está num vaso ou numa bandeja de bonsai, não na planta colocada num vaso de plástico de 50 cm de altura. Dentro das condições ideais de bonsai, no mínimo uma vez a cada dois anos.

Então você replanta o bonsai para cortar as raízes, para podar?

A planta, num tempo de mais ou menos dois anos, já deve ter invadido toda a área livre do vaso, ou seja, o interior do vaso vai estar cheio de raízes. E essas mesmas raízes já terão expulsado a terra para fora. Coisa que nós não vemos a olho nu, mas as raízes ao crescerem em volume vão lentamente expulsando a terra para fora do vaso. Nós somente notamos isso quando as raízes começam a aparecer pelo buraco de dreno ou a formar elevações, pequenas montanhas na superfície do vaso. Isso porque a raiz já não tem lugar para onde ir. Esse é um momento crítico que nós não podemos deixar que aconteça.

Qual seria o mínimo de raízes a serem podadas para replantio do bonsai no mesmo vaso?

No mínimo um terço. Nós tiramos o torrão de terra do vaso, a planta com as raízes, podamos um terço do volume e colocamos no mesmo vaso. Assim temos a garantia de que dentro de um ano vamos ter que repetir o processo. Isso seria o mínimo. Podemos podar mais, porque nesse momento as raízes já formadas são todas raízes fibrosas, todas raízes de alimentação.

Nesse momento, o que é melhor colocar no vaso do Bonsai: areia ou pedrinhas?

Se nós, na primeira vez que plantamos no vaso de bonsai, utilizamos areia, com certeza houve um crescimento bastante exagerado das raízes, porque a areia promove crescimento das raízes finas, bem capilares, que vão provocar um desenvolvimento rápido. Se nós queremos retardar um pouco esse crescimento e formar raízes mais grossas, aumentando gradativamente o tamanho da areia, ou seja, passaremos da areia de 1 milímetro para uma areia de 2 a 2,5 milímetros. Isso fazemos através de uma peneira especial que se vende em qualquer casa especializada. Utilizamos uma granulação mais alta, diminuímos o crescimento das raízes e mantemos o crescimento da planta mais estável.

Em que época do ano deve-se fazer o replantio do Bonsai?

Como regra geral, para não equivocar-se, o melhor momento é o começo da primavera. Agora, não é uma primavera de almanaque. Por exemplo, no dia 21 de setembro começa a primavera, então no dia 20 vou podar as raízes. Temos que entender as estações do ano como se fossem estações térmicas, com alterações claras de temperatura. Muitas vezes, no inverno, temos uns golpes de calor e a árvore vai entender essa alteração como se já tivesse na primavera e vai começar a dilatar-se. O calor produz dilatação de todos os corpos. Esse seria o momento ideal para fazer a poda. Lembrando sempre que aquilo que chamamos primavera pode começar em setembro, em agosto ou em julho. Não é a primavera de almanaque, é a primavera entendida como variação da temperatura externa. Agora, há outras plantas, como o junípero e o boganville, que se pode transplantar – com bastante cuidado, é claro – em qualquer época do ano. Nós vamos precisar produzir uma temperatura tipo primavera. Se a planta estiver no exterior, a uma temperatura de 30 graus, e nós temos uma pequena estufa, um lugar mais escuro, menos ventilado, onde podemos mantê-la a 21 graus, podemos fazer a poda nesse dia. Mesmo sendo pleno verão, mantemos a planta numa temperatura de 20, 21 graus. Então, nós estaremos fabricando uma primavera. A jabuticaba, por exemplo, tem como melhor época para poda o mês de dezembro, o que estaria contrariando a experiência geral de que a melhor época do ano para a poda seria a primavera. Os pinheiros podem ser podados no começo da primavera ou no fim do verão, pois são duas épocas do ano em que se pode lidar com suas raízes. É quando estão saindo da dormência, ou antes, que entrem nela. Porque se você compara as temperaturas do outono e da primavera, elas são parecidas. Teremos 30 dias do começo do outono até que venha o frio. Teremos 30 dias do começo da primavera até que venha o calor. E nesse período todas as raízes se recuperam. Se fizermos uma operação dessas no outono e vier um golpe de frio, isso pode danificar as raízes, congela-las. Agora, nas diferentes regiões do país, se você trabalha com as plantas locais, não tente podar um pinheiro no Ceará, ou uma castanheira e um cajueiro no Rio Grande do Sul. Consulte quais são as épocas de crescimento da planta e siga essa característica de crescimento.

Quais os cuidados que se deve ter após o replantio do Bonsai?

Todo procedimento após o replantio é o mesmo de após a poda das raízes. É preciso entender que a planta está praticamente sem raízes, que necessita de cuidados, como não deixar secar a parte aérea. Então, se tomamos o cuidado de colocar a planta longe do contato direto da ação do sol, num local onde não haja vento e mantendo sempre a parte aérea úmida, em 20 dias ela estará recuperada. Depois desses 20 dias podemos coloca-la regularmente ao sol, na temperatura que a planta exige.

É preciso ter algum cuidado especial no Bonsai com a irrigação da planta replantada?

É interessante entender o seguinte: quando a planta tem raízes, ela necessita de bastante água, porque todas as raízes estão consumindo água, mas se nós podamos as raízes e molhamos a terra da mesma maneira como se elas ainda estivessem lá, estamos gastando água e podemos fomentar o apodrecimento das raízes, porque não vai haver nada que consuma essa água dentro do vaso. Esse líquido vai ficar acumulado, provocando excesso de umidade para poucas raízes. No momento do replantio é muito mais importante manter úmida a parte aérea da planta do que a terra. A própria água que pinga da parte aérea quando você a molha, vais ser suficiente para manter a umidade necessária para as raízes. E outra coisa: as raízes crescem quando elas vão à procura de água, ou seja, seu crescimento acontece em função de sua busca por alimento. Se você coloca muita água num vaso onde existem poucas raízes, a planta não vai sentir necessidade de criar novas, porque a água existe em abundância. Se você molha pouco a planta, ela vai sentir necessidade de desenvolver raízes para ir à procura demais água. Isso é o que se chama restabelecimento do sistema radicular. Ou seja, se nós molhamos uma planta recém passada ao vaso da mesma forma que molhamos uma planta que já está com raízes, podemos mata-la por excesso de água.

Texto extraído da revista O mundo do Bonsai – Marcelo Miller. Ano 1 nº2 Ed. Online